quarta-feira, 16 de setembro de 2009

O homem e o Zodíaco: o macrocosmo e o Microcosmo

Segue texto tirado do blog de Mara Muniz, quem me ensinou grande parte do que sei.

8 de agosto de 2009

A Bíblia nos ensina que Deus fez o homem à Sua semelhança.

Deus é o grande mundo- o macrocosmo e o homem- o pequeno mundo o microcosmo.

Este estudo mostra a ligação do homem com o Universo e onde a força desse Universo atua sobre ele. Vamos lembrar que o signo onde está o Sol, deixa vulnerável a parte do corpo comandada por ele. A tradição astrológica relaciona as partes do corpo com os signos do zodíaco.

Áries rege a cabeça, ela comanda a vida. Sentir dores de cabeça simboliza que estamos sem rumo, estamos com problemas mal resolvidos, negamos o próprio Eu. Forte tendência a enxaquecas, febres altas.

Touro está relacionado com a garganta e o pescoço. Sentir dores nessa região é “engolir sapo”, é não falar o que precisa.

Gêmeos está relacionado com os pulmões, os ombro e os braços. Sentir os ombros pesados é estar tenso, contraído, nervoso, é o sinal de que a respiração está sendo mal feita, o que não permite o relaxar o flexibilizar. Os resfriados podem se tornar bronquites. Para Gêmeos a ordem é não fumar!

Câncer está relacionado com os seios e o estomago. As doenças das mamas representam o amamentar quando não se tem mais leite para dar. Problemas estomacais, ulceras são as emoções não resolvidas, é o resultado de proteger e nutrir quem não precisa “se esquecendo-se de si”. É viver a vida de forma ácida, com as alegrias seguidas de decepções.

Leão está relacionado com o coração e a coluna vertebral. Fragilidade nesses órgãos é o excesso de orgulho a necessidade de aprender a humildade: curvar-se diante de si e não da vida e dos outros. Problemas coronários simbolizam mágoas profundas guardadas.

Virgem está relacionado com os intestinos. É guardar as fezes, guardar o que não é mais necessário. A alimentação mais seca indica a falta de auto-amor. Gases indicam o tédio vivido no prazer.

Libra está relacionado com os rins. As alterações freqüentes que acontecem na vida geram medo e insegurança. Não filtrar as emoções é criar cálculos renais.

Escorpião está relacionado com os órgãos sexuais e o reto. As repressões e as culpas diante do prazer e da necessidade de negar ou de não ser possível vivenciar poder geram as perturbações mentais .

Sagitário está relacionado com os quadris e as coxas. Sempre que essa região tem um volume desproporcional com o resto do corpo, é o sinal escudo de proteção, de vulnerabilidade diante de decisões que precisam ser tomadas e que vão desgostar os demais. É o sinal de auto-envenenamento, de acúmulo de toxinas.

Capricórnio está relacionado com os joelhos e as articulações. Ajoelhar é um sinal de humildade e submissão. Sempre que o orgulho e a arrogância preponderam problemas surgem. Quando as articulações incomodam é o corpo avisando a inflexibilidade está presente.

Aquário está relacionado com a panturrilha, a circulação como um todo e os tornozelos. Sempre que essa região é sensível, quando as pernas pesam, a liberdade pessoal está sendo sentida ameaçada, é a sensação de prisão acontecendo. Quando não queremos que alguém fuja, ou seja, que não tenha liberdade os tornozelos são acorrentados.

Peixes está relacionado com os pés, quem nos permite a caminhada. Sempre que eles são mais sensíveis do que o normal ou existe a presença de calosidades, micoses, unhas encravadas, é o sinal da presença da fadiga mental e de distúrbios nervosos e psicológicos. As tensões são aliviadas com os escalda-pés.