sexta-feira, 17 de agosto de 2012

As 8 fases da Lua

No dia 11 de agosto de 2012 estava dando o curso sobre Câncer e Lua, e quando falamos sobre as 8 fases da Lua muitos se espantaram. E eu me perdi um pouco, confesso, porém recordei-me que já havia escrito sobre essas 8 fases.

Depois de muito procurar encontrei o texto:

AS 8 FASES LUNARES:


As fases da Lua em redor da Terra.
1. Lua Nova;
2. Lua Crescente Côncava;
3. Lua Quarto Crescente;
4. Lua Crescente Convexa;
5. Lua Cheia;
6. Lua Minguante Convexa
7. Lua Quarto Minguante;
8. Lua Miguante Côncava.

*http://pt.wikipedia.org/wiki/Fases_da_Lua

Podemos dizer que a Lua possui 4 fases onde a transição de uma fase para outra possui sua característica.
A Lua completa sua fase a cada 29 dias, 12 horas e 4 minutos.
A Lua é o único satélite natural da Terra. Demora 27,3 dias para girar em torno de seu eixo, também é o tempo que leva para orbitar á Terra. Portanto vemos sempre o mesmo lado da Lua (a mesma face).
A Lua tem 38 milhões de quilômetros quadrados de área, e 3,474 quilômetros de diâmetro e 13 vezes menor que a Terra.

As Fases:

(lembrando que a lua esta situada para cada indivíduo em um ponto no Mapa, portanto para cada indivíduo o período é favorável ou não em setores distintos).

LUA NOVA: Vista de 0-2% Onde a Lua esta numa posição angular com a Terra em relação ao Sol.
Período de investigação, concentração e iniciação. Bom para cirurgias (mas ver o curso da Lua)

LUA CRESCENTE CÔNCAVA: Vista de 3-3,4% direita norte, esquerda sul.

CRESCENTE: Vista de 35-65 % direita norte, esquerda sul. Quando existe um ângulo entre Sol e Lua de 90 graus. Vista desde o começa da tarde e o meio da noite.
Período de parcerias, viagens, encerrar relações de qualquer natureza sem deixar resquícios.

LUA CRESCENTE CONVEXA: Vista de 66-96%  direita norte, esquerda sul.

LUA CHEIA: Vista de 97-100%. Quando a distância angular da Lua é a máxima em relação ao Sol, 180 graus. Uma oposição.
Nas as 18:00 a se põe ao amanhecer.
Período de atração, maior irritabilidade (principalmente feminina), desfavorável á cirurgias, retenção de líquidos.

MINGUANTE CONVEXA: Viste de 96-66% esquerda norte, direita sul.

MINGUANTE: Vista de 65-35% esquerda norte, direita sul.Quando existe um ângulo entre Sol e Lua de 90 graus, porém invertida da crescente. Mas corretamente seria dizer 270 graus, pois esta nos últimos 90 graus para que o ciclo de 360 graus se forme.
Período desfavorável á dar inícios as coisas. Bom período para dar continuidade.

MINGUANTE CONCAVA: Vista de 34-3% esquerda norte, direita sul.

SOBRE A ORBITA:


http://geoconceicao.blogspot.com.br/2012/03/movimentos-e-fases-da-lua.html


A orbita da lua é irregular, possui o Apogeu e o Perigeu. A Lua meche com as Marés Terrestres, portanto, quando a Lua esta mais próxima da Terra as marés tendem a subir, formando as marés altas. E quando a Lua esta mais distante formam-se as marés baixas.

SUPER LUA:

É quando seu perigeu (posição máxima em relação á Terra) ocorre com diferença de minutos do acontecimento da Lua Cheia.
Seu aro fica maior (na verdade vemos mais de perto), mas pouco perceptível para a maioria das pessoas.


Em um texto de Haroldo Barros (referencias á baixo do texto) exite a explicação mitológica muito utilizada no estudo astrológico:
*Diana, a deusa caçadora (chamada Ártemis pelos gregos), é irmã gêmea de Apolo (o Sol) e associada à Lua. O templo erigido em seu culto, em Éfeso, era considerado uma das sete maravilhas do mundo antigo.
Ainda criança, recebeu do pai, o poderoso Júpiter (Zeus), a graça de permanecer sempre virgem, intocável e intocada por qualquer deus ou mortal. Diana representa, portanto, o papel da fêmea indevassável, a donzela arisca, inconquistável, formando, juntamente com Palas Athena e Héstia, o grupo das chamadas “virgens brancas” do Olimpo. E aquele que ousasse ir de encontro a essa castidade era severamente punido. Assim foi com Actéon, o caçador (=buscador; simbolicamente, caçador é sempre representativo do homem, em busca do autoconhecimento, da iluminação, do Sagrado, etc.) que, escondido, pôs-se a contemplar encantado a bela Diana, enquanto esta se banhava nas frescas águas de um regato. O olhar da deusa, treinado pelas caçadas, pode perceber a presença do intruso, que sofreu terrível destino : com um gesto, Diana o transforma em cervo e Actéon é despedaçado e devorado pelos seus próprios cães de caça, que não mais o reconheciam.
Com o arco e as flechas recebidos de presente dos temíveis Ciclopes (gigantes de um só olho), Diana corria pelos campos, entretendo-se em movimentadas caçadas, sempre acompanhada de sua matilha de cães de caça e de oitenta ninfas, que lhe faziam as vezes de damas de companhia, todas absolutamente castas como sua senhora. Regente da arte da caça, impunha normas rígidas aos caçadores. Por exemplo, a fêmea prenhe não poderia ser abatida. Quem quer que descumprisse tal lei seria rigorosamente punido.
Tendo nascido antes de seu irmão gêmeo Apolo, Diana ajudou sua mãe quando do parto dele. Por isso, era sempre invocada pelas parturientes  gregas quando do nascimento de uma criança. Além disso, Diana era chamada de Paidotróphos, que quer dizer aquela que alimenta a criança. Por tais motivos, as crianças eram suas protegidas, sobretudo as meninas, que, até os oito anos, lhes eram consagradas, sendo chamadas arktoi (= ursinhas; o urso era um animal consagrado a Diana).
Astrologicamente, a Lua representa a parcela mágica da nossa psiquê, que é capaz de se encantar com as imagens internas e externas, capazes de alimentar e educar a nossa criança interior. Com suas quatro fases distintas, dividindo o seu ciclo zodiacal (de vinte e oito dias, o mais rápido dentre todos os astros), a Lua nos convida a refletir acerca da ciclologia da nossa própria vida e de nossas emoções: ora estamos em pleno processo de inspiração e desenvolvimento, como se fôssemos a Lua Crescente; e então ficamos plenos e inflados, como a própria Lua Cheia; depois, tendemos a minguar e murchar, como a Lua Minguante; e em seguida nos sentimos renovados e prontos a iniciar um novo ciclo, como a Lua Nova.
Retratando a Poesia e, mais até do que isso, a poética dentro de nossas vidas, a Lua, considerada o astro dos namorados, nos fala, através de sua luz suave, de sutileza e encantamento. Enquanto o Sol, com sua luz forte, é símbolo da consciência, da razão, da objetividade, do masculino, a Lua é símbolo do subconsciente, da magia, da subjetividade, do feminino.
Com a ocorrência dessa Superlua, qu testemunhamos hoje, estamos sendo convidados pelo Cosmos a sentir a mágica e a poética dentro de nós, que nos animam a mirar o alvo dos sonhos que buscamos realizar, retesando o arco da Poesia para disparar a flecha encantada da Magia, em direção ao Infinito, recuperando nossa capacidade de transformar abóboras em carruagens, sapos em príncipes, pererecas em princesas, resgatando o nosso dom de voar, buscar, sonhar e de se encantar com a realidade, que sempre pode ser bela.
 Uma poça d’água no meio da rua pode ser motivo de queixa para os desanimados e insensíveis. Mas, para quem quer lançar o pó de pirlimpimpim, a mesma poça pode ser oespelho encantado que reflete, no chão, o brilho iridiscente das estrelas, no céu.


ECLIPSES:


http://geoconceicao.blogspot.com.br/2012/03/movimentos-e-fases-da-lua.html

Um eclipse num mapa é visto na astrologia atual como um momento de maior sensibilidade no mapa do individuo naquele momento.O indivíduo precisa buscar conhecimento deste setor, pois o Eclipse não é algo negativo, mas é um fenômeno que leva o individuo a se internalizar e cabe a cada um compreender o significado do que vai encontrar e qual impacto terá.

Em 2012  eclipses não serão vistos aqui no Brasil e em 2013 teremos penumbral (apenas a penumbra), seguem as datas:

04 de junho de 2012- Eclipse Lunar Parcial, será visível na Ásia, Austrália, Pacífico, Américas
28 de novembro de 2012- Eclipse Lunar Penumbral, será visível na Europa, África, Ásia, Austrália, Pacífico Norte

25 de Abril de 2013 – Eclipse Lunar Parcial, será visível na Europa, Ásia, África, Austrália
25 de Maio de 2013 – Eclipse Lunar Penumbral, será visível nas Américas, África
18 de Outubro de 2013 – Eclipse Lunar Penumbral, será visível nas Américas, Europa, África, Ásia

15 de Abril de 2014 - Eclipse Lunar Total, será visível no Brasil!

Espero ter ajudado!
Beijos Gaby